Artesanato em fibras e produtos vegetais

A variada vegetação que cobre todo o Arquipélago, para além de o colorir de um verde intenso, proporciona abundante e diversa matéria prima, com que se fazem um conjunto vasto de artefactos.

As arbustíferas, as gramíneas e outras espécies de pequeno porte colaboram no enriquecimento do artesanato açoriano, já que utilizando as suas fibras se fazem artefactos, utilitários ou decorativos, de grande importância para o quotidiano local.

Engenho e arte não faltam aos artesãos ilhéus para as transformarem em produtos de qualidade e grande atracção, mesmo quando não se utilizam conforme as funcionalidades para que foram criados. Os artefactos feitos com estes materiais são alguns dos mais belos testemunhos dos inesgotáveis dotes de que estão possuídos os artesãos açorianos.

Cestaria

Desde os primórdios do povoamento, como regista a história, que se faz cestaria nos Açores. Aplicando técnicas antiquíssimas às várias matérias primas disponíveis (com realce para o vime) os cesteiros criam uma variedade grande de formas, para uso quer nos trabalhos agrícolas, quer nas actividades relacionadas com o mar, quer ainda para uso doméstico. São obras de paciência, arte e perfeita execução, como bem o evidenciam os balaios, que se fazem no Faial. De raiz antiquíssima, estes cestos são construídos a partir de pequenos molhos de palaha, firmemente amarrados e armados em espiral, abrindo-se em graciosa taça. A harmonia de formas de toda a cestaria açoriana permite usá-la, também, como elemento decorativo de belo efeito.

Marinharia e outros objectos de corda

Vivendo plenamente o mar que os rodeia, natural é que a gente dos Açores produza artesanato resultante desta quotidiana relação que lhes define o destino de marinheiros.

Se há expressões deste tipo de artesanato de antiga raiz já o mesmo não se dirá quanto ao uso da corda e dos inúmeros nós de marear para produzir objectos decorativos, cujos efeitos surpreendentes rapidamente os impuseram ao gosto comum. Espelho vivo do que significa o mar na vida dos açorianos, estes trabalhos, feitos com invulgar perícia e minúcia, utilizam a multiplicidade de nós náuticos para criar composições de inegável valor estético evidenciando que, também nestes domínios, o trabalho dos artesãos açorianos não teme confrontos com o que de melhor se faz no mundo.

Back to top button
backspace
caps lock enter
shift shift
Virtual keyboard by Loderi.com   « » { } ~
Translate »
Close
Skip to content