Casa de António DaCosta

Poeta e pintor açoriano, António Dacosta nasceu em Santa Luzia de Angra, em 1914. Mudou-se para Lisboa em 1935, onde estudou Belas Artes. Também estudou arte em Paris, cidade onde se instalou definitivamente no ano de 1947. A sua pintura insere-se no movimento surrealista, tendo participado na Exposição Surrealista de Paris de 1949. Para António Dacosta, a poesia representava um complemento da pintura, utilizando-a como catalisador do processo criativo de pintar. Destruiu, por este motivo, grande parte dos poemas que escreveu. Os que restaram foram publicados, posteriormente, pela Assírio & Alvim, em «A Cal dos Muros». A 4 de fevereiro de 1989, foi agraciado com a Grã-Cruz da Ordem do Mérito. Faleceu em Paris, em 1990, deixando uma vasta obra pintada e poética.

Back to top button
backspace
caps lock enter
shift shift
Virtual keyboard by Loderi.com   « » { } ~
Translate »
Close
Skip to content