DestaquesTrilhos Pedestres

Grande Rota do Oeste

Após a criação dos trilhos pedestres da “Passagem das Bestas” (4km) e da “Rota da Água” (4,3km), o Município de Angra do Heroísmo apresenta a “Grande Rota do Oeste”. Com mais de 31km de extensão, esta é a primeira grande rota da Terceira, uma das poucas ilhas do arquipélago que ainda não dispunha desta tipologia de percurso.

Esta nova forma de explorar o território pretende mostrar o nosso património natural, paisagístico e sociocultural, através da cruzada por vários cenários, comunidades e ecossistemas.

Desenvolvida com o auxílio da Associação “Os Montanheiros”, esta rota apresenta o que de melhor existe para mostrar na natureza da ilha. Com esta, a Terceira soma oito trilhos devidamente homologados e integrados na rede turística açoriana.

Percurso

Distintamente das pequenas rotas, a Grande Rota do Oeste está sinalizada com as cores branco e vermelho, possuindo marcos numerados.

Com início na Reserva Florestal de Recreio da Lagoa das Patas, o percurso segue até ao cone vulcânico do Pico Gaspar e daí, pelos Mistérios Negros (PRC 01 TER), até à Lagoinha do Vale Fundo. Entra numa antiga vereda e segue o caminho florestal a norte da serra. Desce à Lagoa do Cerro, local com um acesso recentemente melhorado pelo Município, onde podemos usufruir de um abrigo para observadores de aves e volta ao caminho seguindo para oeste. Por caminhos e entre sebes de criptomérias encontra-se a subida para a Lagoinha da Serreta (PRC 03 TER). Continua-se descendo a pastagem que contorna o vale da Ribeira do Além. (A subida a partir desta GR até ao cimo da Serra de Sta. Bárbara, Minas da Serra e bordo da Caldeira, está a ser preparada para sua homologação e poder abrir ao público em breve). Esta primeira etapa, completando aproximadamente 21km, desenvolve-se maioritariamente acima dos 500m de altitude e aconselha-se que seja realizada em dias de bom tempo e visibilidade.

A segunda etapa, de 10km, inicia-se descendo para oeste e percorrendo-se caminhos e canadas de servidão, entre matas seminaturais de metrosideros, sobre terrenos pedregosos. Passa por antigas curraletas de vinha e por um local onde esteve um farol destruído pelo sismo de 1980, onde agora existe um farolim automatizado, um miradouro e uma zona de merendas. Passa por bonitas e escarpadas arribas e lugares onde nidificam cagarros. Sai junto de uma capelinha cuja história está ligada ao aparecimento da paróquia da Serreta. Segue pelo caminho da Fajã que ligava as freguesias do oeste, passando por pomares, colmeias e explorações pecuárias. Chega a um parque de merendas, vigia da baleia e miradouro, onde avista a arriba da costa norte. Pela mata chega à zona de merendas da Reserva Florestal de Recreio da Mata da Serreta, com um curioso chafariz, onde termina todo o traçado.

De igual modo, todo o percurso poderá ser realizado em sentido inverso.

A Grande Rota do Oeste, com a sua subdivisão junto ao Pico Negrão e integrando outras pequenas rotas, pode ser trilhada em várias etapas ou dias.

Este traçado atravessa quatro freguesias do concelho de Angra. São elas: São Bartolomeu de Regatos, Altares, Raminho e Serreta.

Projeto ECO-Tur

O desenvolvimento deste percurso pedestre está integrado no Projeto Comunitário ECO-TUR, do qual fazem parte sete municípios das Canárias, quatro dos Açores, um da Madeira, Cabo Verde, Senegal e Mauritânia. De entre os vários objetivos, destacam-se:

Objetivo temático do Eixo: Conservar e proteger o meio ambiente e promover a eficiência dos recursos.

Objetivo específico da Prioridade de Investimento: Aumentar a atratividade do património natural e cultural das áreas de interesse turístico.

Objetivos específicos:

  • Criação da Rede Transnacional de Municípios ECO-TUR de forma a estabelecer uma estratégia e metodologia conjunta para a promoção do Ecoturismo e Turismo ativo.
  • Implementação territorial dos Planos de Ação desenvolvidos pela Rede Transnacional de Municípios ECO-TUR para a promoção do Ecoturismo e Turismo ativo.
  • Diversificação da oferta turística dos Municípios da Rede Transnacional ECO-TUR através da criação de novos produtos e serviços para a promoção do Ecoturismo e Turismo ativo.

O ECO-TUR é financiado pelo Interreg Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional e MAC 2014-2020 Cooperação Territorial.

Resumo

A GR01 TER Grande Rota do Oeste percorre a metade oeste da ilha, num percurso linear que liga a Reserva Florestal de Recreio da Lagoa das Patas à Reserva Florestal de Recreio da Mata da Serreta, numa extensão aproximada de 31,2 km.

Este é um percurso que pretende dar a conhecer aos pedestrianistas o seu rico e vasto património natural, paisagístico e sociocultural. Ao longo da Grande Rota observa-se uma grande variedade de cenários, comunidades e ecossistemas, como zonas de recreio e lazer, falésias costeiras, bosques seminaturais e zonas de montanha.

Este grande trilho apresenta-se dividido em duas etapas, de aproximadamente 21,9 km e 9,3 km respetivamente. Deverá planear o percurso, de acordo com a sua condição física, interesse e disponibilidade. Na zona oeste da ilha existem locais próprios para pernoitar, uma vez que o campismo selvagem não é permitido.

Botão Voltar ao Topo
Chinese (Simplified)EnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish
Skip to content