Notícias

Campanha de sensibilização à esterilização de animais de companhia

Diga Sim à Esterilização dizendo não ao abandono!

 

É o mote da campanha de sensibilização à esterilização de animais de companhia que a Câmara Municipal de Angra do Heroísmo se encontra-se a promover.

Como ação desta campanha o município lançou o desafio às instituições escolares do concelho, convidando os alunos a participarem ativamente na campanha para esterilização de animais de companhia, através da realização de um desenho que apele à esterilização dos animais e às vantagens para a própria saúde animal. Deste modo espera-se criar nos futuros adultos uma diferente sensibilização e cidadania para estas questões. O desenho será depois publicado no facebook do Canil Intermunicipal da Ilha Terceira diariamente.

Será igualmente elaborado um calendário anual de parede, com um desenho de cada escola, que será depois distribuído por todas as turmas de todas as escolas do concelho, tal como o calendário elaborado sobre a campanha contra o abandono desenvolvida em 2016.

Outra das ações promocionais desta campanha, consiste na realização de uma sessão fotográfica com animais de companhia adotados no canil, que foram já esterilizados, acompanhados dos seus donos, que terá como resultado final a realização de cartazes e mupis de apelo à sensibilização para a importância da esterilização dos animais de companhia.

“Esta campanha vem reforçar as medidas de sensibilização contra o abandono e os maus tratos dos animais no sentido de promover o bem-estar e controlo da população animal, algo em que o Município tem investido desde 2013, e que tem vindo a ter resultados bastante satisfatórios ao longo dos anos. O número de animais adotados no Canil Intermunicipal da Ilha Terceira tem aumentado de ano para ano e o número de entradas de animais tem diminuído, tendo-se registado um crescimento de 25,4 % no número de adoções entre 2014 e 2016, ano em que o número total de animais adotados correspondeu a 73,3% do número total de animais que entraram no Canil.”, afirma Raquel Caetano Ferreira, Vereadora da Câmara Municipal de Angra do Heroísmo.

A esterilização consiste na remoção cirúrgica dos órgãos com funções exclusivamente reprodutoras e não causa nenhum mal físico nem psicológico aos animais e deixando-os geralmente mais calmos.

Neste sentido, esta campanha tem como objetivo alertar e sensibilizar a população para os benefícios e vantagens da esterilização dos animais de companhia, pois ao esterilizar um animal evita doenças do sistema reprodutor, evita ninhadas não planeadas, e minimiza comportamentos indesejáveis, contribuindo-se assim para uma diminuição do abandono, das doenças e dos maus-tratos nos animais.

Nas cadelas e gatas, a idade geralmente aconselhada para a esterilização é a partir dos 5-6 meses, de preferência antes do primeiro cio, podendo contudo ser feita em idades mais jovens. Contudo, no caso de cadelas de raças mais propensas a desenvolverem osteossarcoma, poderá ser mais recomendável aguardar que a cadela atinja a maturidade.

Nos gatos machos, a idade geralmente aconselhada para a esterilização é a partir dos 5/6 meses. Nos cães machos, a idade mais aconselhada para a esterilização é após a maturidade.

Raquel Caetano Ferreira, reforça ainda que: “A esterilização é a solução mais humana para o grave problema da superpopulação de animais de companhia que todos os dias sofrem nas ruas, por serem abandonados, pois não há lares suficientes para todos, o que significa que por cada pessoa que nasce, nascem também 15 cães e 45 gatos, podendo dar origem até 67.000 cães em sete anos, e 420.000 gatos em sete anos. Há que reflectir sobre estes valores, compreendendo-se assim o elevado número de abandono de animais. Em 2016 estima-se que tenham sido abandonados 1600- 1700 animais, com uma maior incidência sobre os cães. Apesar de tudo e embora não significativo há uma redução no número de animais abandonados anualmente.”.

Botão Voltar ao Topo
Chinese (Simplified)EnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish
Skip to content