Separação de Lâmpadas e Pilhas – um Final Luminoso

Na sequência da aposta de dotar todas as freguesias do Concelho com os recipientes adequados a cada tipo de resíduos, é agora a vez da aposta em recipientes próprios para a deposição segura de lâmpadas e de pilhas. Desta forma, na primeira quinzena de janeiro, os técnicos dos Serviços Municipalizados de Angra do Heroísmo distribuíram por todas as Juntas de Freguesia do Concelho de Angra do Heroísmo 38 destes novos recipientes, 19 para a deposição de lâmpadas e os restantes 19 para deposição de pilhas.
O objetivo da campanha é, à semelhança do que já acontece com outros resíduos, incentivar os munícipes a separar este tipo de resíduos, contribuindo para a melhoria e salvaguarda do meio ambiente.
“ No ano transacto os Serviços Municipalizados recolheram cerca de 160 Kg de lâmpadas e 200 Kg de pilhas. Embora estes números não traduzam o total das recolhas destes resíduos ,dado que a Resiaçores os recebe diretamente nas suas instalações, prefazendo um total de 2.1 toneladas de pilhas e 1 tonelada de lâmpadas para exportação, queremos contribuir para o aumento e melhoria destas estatísticas” – informou, a propósito, a Vereadora Raquel Caetano Ferreira, responsável pelo pelouro.
“Estamos a falar de resíduos perigosos para as pessoas e para o meio ambiente pelo que esta medida beneficia todo o Concelho e todos os angrenses” – concluiu a autarca. 
“No tocante às pilhas, por exemplo, as alcalinas têm mercúrio, e, as restantes, que são a maioria, além do mercúrio contêm zinco e carbono, representando um grave problema ambiental. Quanto às lâmpadas muitas contêm também mercúrio e chumbo, metais nocivos à nossa saúde e ao meio ambiente, pelo que é urgente que todos tenhamos consciência da importância de os descartar convenientemente” – acrescentou.
Caso para dizer que temos todas as razões para contribuir para um final luminoso de resíduos que durante a sua vida económica útil servem, precisamente, para dar luz e energia.

Back to top button
Translate »
Close